Empresária de franquia

Abrir seu próprio negócio é um grande sonho para quem quer crescer dentro de sua área de atuação. Adriana Machado resolveu realizar mais esse sonho investindo em uma franquia e hoje está à frente da unidade do CCAA de Campo Novo do Parecis. “Empreender, de fato, é minha paixão! Eu nasci pra isso, para fazer as coisas acontecerem, pra desenvolver pessoas e negócios, pra contribuir com um mundo melhor”, justificou.


Porém, a trajetória de Adriana com o empreendedorismo começou tempos atrás, precisamente em 2015, quando criou a marca de acessórios femininos Marsala, “uma pequena empresa, que começou com R$ 987 e após 2 anos encerrou suas atividades, sendo vendida em 34 cidades de diferentes Estados brasileiros e uma no exterior”, relembra orgulhosa.

Adriana, natural de Realeza, no Paraná, conta que é filha de pais separados, ambos autônomos. Sua mãe, Rosane Marquetto, atuava no ramo imobiliário e seu pai, José Valdir Machado, no  agronegócio.

Desde cedo via em D. Rosane garra e determinação. “Minha mãe chegou no Mato Grosso comigo e nossas roupas do corpo, no ano de 1993. Construiu seu patrimônio com muita dedicação e estratégia e se aposentou aos 36 anos e, atualmente, vive de renda própria”, divide, complementando que usou essa história de superação e coragem como inspiração para trilhar sua vida. Hoje, com apenas 28 anos, tem uma vasta experiência no mundo dos negócios e segue firme em busca deseus objetivos.

A VIDA:

Empresária, estudante, filha e mãe de dois meninos, Arthur, de 8 anos, e Murilo, de 5 anos, Adriana diz que gosta
de produzir e ter vários afazeres durante o dia. “Isso me motiva. Sou ativa e movida a resultados! Como mãe não
abro mão de educar e acompanhar o dia a dia dos meus filhos de perto. Eles, com certeza, são a razão de tudo
que
eu quero para o futuro”, declarou.


A CARREIRA:
Adriana trabalhava como professora de inglês em algumas escolas do município quando resolveu dar uma guinada na carreira e abriu seu próprio negócio: a Marsala. A empreendedora optou por investir em uma área de atuação que amava, até aparecer uma boa oportunidade de venda do estoque para parceiros empresariais. “Vendi tudo, exceto a marca, o nome e a identidade visual, que fiz questão de guardar com muito carinho. A Marsala tem um lugar especial no meu coração, tenho muito orgulho dessa etapa da minha vida”, admitiu. 

Adriana é adepta da disciplina positiva, uma filosofia educacional que tem como princípios o altruísmo e a inteligência emocional, conceitos que a levaram para dentro do CCAA, há quase três anos. “Foi a partir daí que o CCAA virou minha segunda casa. Comecei como professora e em três meses já era coordenadora. Em 2019 assumi

a direção da escola e agora me tornei proprietária da franquia, mas não nego, foi de meus antecessores que herdei o espírito de trabalho, focado no lado humano, sempre visando um ambiente maravilhoso, onde todos se apoiam, se admiram e se dão bem”, explica.

 


ASSUMINDO A FRANQUIA EM CAMPO NOVO DO PARECIS:

 Assim, Adriana iniciou a operação da franquia em 2020, instalada em Campo Novo do Parecis, cidade do interior mato-grossense, com pouco mais de 35 mil habitantes. Como proprietária da escola, levou seus conceitos paradentro do CCAA e os divide diariamente com seus professores, para que, além de ensinar o idioma, elespossam contribuir com a formação de futuros cidadãos de bem com o mundo e principalmente consigo mesmos.

Sabedora que o mercado de cursos de inglês tem grande potencial no Brasil,já que é um diferencial no currículo, vem investindo em seus ideais e transformando o CCAA. “Eu promovi o sistema de pós-vendas, a melhora da manutenção da metodologia, um melhor acompanhamento dos alunos, coordenei toda questão do ensino, dando mais suporte aos alunos, que são ouvidos e respeitados.

Além disso, busquei mais vantagens aos alunos, como CCAA Card, que é um clube de descontos que o aluno, só por estudar no CCAA, ganha descontos em vários pontos comerciais da cidade. Mas o principal diferencial foi o foco no ensino, aplicando uma metodologia de ensino que aprimorei no Rio de Janeiro e que acompanho a execução dessa didática rigorosamente”, explicou ao afirmar que o aluno é tratado como pessoa e não como número pelo CCAA de Campo Novo do Parecis. Todo o esforço tem se mostrado positivo. Hoje, Adriana afirma que o CCAA trabalha apenas com os cursos de inglês, mas que já tem projetos para oferta de cursos de business, voltado aos negócios, visitors, ao turismo e de inglês voltado ao agronegócio.


Os projetos de Adriana, a diretora engravatada (acessório que usa no dia a dia como forma de mostrar sua autenticidade), não param por aí. Um de seus grandes sonhos, um dos propósitos que mais brilham seus olhos e não tem nenhum fim lucrativo, trata-se de um projeto social, no qual irá ofertar bolsas de estudos para alunos da rede publica de ensino, que não tenham condições de pagar por um curso de idiomas.

“Esse é um projeto que já está muito bem estruturado, tem data prevista para começar e que promete contribuir socialmente de forma muito amistosa, pois trata de colocar nas mãos das crianças certas a oportunidade que vai mudar os seus destinos, visto que o aprendizado de um novo idioma é proporcionar a abertura de portas que só quem tem esse conhecimento é capaz de ver”, confessou ansiosa.

Adriana ainda complementa, “o projeto social que eu almejo é que me inspira a acordar todos os dias e bolar algo
que me leve até o patamar onde eu possa passar a ajudar de fato pessoas, a causar impacto em vidas, a transformar futuros e criar possibilidades”, arrematou.

 

65 3382-7183
@ccaacamponovo
@ccaacnp

Avenida Brasil, nº 1124, Centro

w w w . c c a a . c o m . b r

Fonte:

Ellos In Revista